20 de agosto de 2012

A Reforma sem fim da Câmara de Vereadores


Parabéns vereadores vitorienses! Pois no último sábado (dia 11/08) fez um ano do seu principal projeto, a necessária (sic) reforma da Câmara de Vereadores de Vitória. Espera, mas, que reforma?



É isso. Em 2010 nossos vereadores tiveram a "genial" ideia de reformar e ampliar a casa Diogo de Braga, justo!. Até porque eles precisam de bastante espaço para não fazer nada (ou nomear ruas pode ser considerado um trabalho?). Enfim, mas, a proposta passou e em 11/08/2010 a obra(?) teve início. E como manda a lógica, tudo que tem início, tem meio, e fim. Mas, não em Vitória. Aqui só temos o início mesmo, porque, o meio, justificará o fim.   

O final da obra estava marcado para 11/08/2011 ao custo de "apenas" 731.379,40. Pausa para reflexão. O que poderia ser feito com esse dinheiro:

- A ampliação de 5 centros de saúde - A pavimentação completa de um bairro - A construção de aproximadamente 35 casas populares - A aquisição de várias ambulâncias

Resumindo é dinheiro pra ... (censurado)... tá, não chega a ser o mesmo que Zé e Elias possuem em contas bancarias (ambas acima dos milhões) mas, é muito dinheiro. Para uma reforma e ampliação que não acabou. (ver fotos abaixo). E ai ficam as duvidas:

O que foi feito com os 731 mil, já que a reforma não foi concluída no prazo?

Com qual dinheiro estão fazendo (sic) a reforma e ampliação atualmente, já que ela já deveria estar concluída?

Por que  nenhum vereador se posiciona a respeito disso. Já que eles são os principais beneficiados com  a obra?

Será que vão fazer outra licitação para reformar esta placa caindo aos pedaços? (em Vitória, eu não duvido)...

Quem deveria fiscalizar isso mesmo???..

FOTOS DA REFORMA (?):






Alguns informativos de vitória falaram sobre assunto:

ver link: http://folhavitoriense.blogspot.com.br/2012/01/reforma-da-camara-municipal-de-vitoria.html e http://www.avozdavitoria.com/noticias/mano-holanda-na-berlinda/

Na matéria do A Voz da Vitória encontraremos esse trecho:
Tudo por conta de um Parecer do Tribunal de Contas do Estado (TCE), Processo nº 1004964-2, de setembro deste ano, que tem como Relator Marcos Loreto. O Conselheiro solicitou da Inspetoria de Obras e Engenharia do TCE uma Auditoria Especial no processo de Licitação das obras de construção do anexo da Casa Diogo de Braga, no valor de R$ 731.379,40.

O fato é que segundo o Parecer do TCE, Mano Holanda é suspeito de ter facilitado para que a Empresa Carneiro & Bezerra Transportes, Mecanização e Construções Ltda fosse a vencedora para executar a obra. Tudo começou por que o Edital de Licitação da obra não previu, conforme legislação, a exigência de pelo menos 03 (três) atestados de capacidade técnica para as empresas concorrentes. Motivo, dentre outros, que a Inspetoria recomenda uma auditoria especial e solicita a suspensão do contrato. Este processo no TCE ainda não foi julgado.
As obras na Câmara de Vereadores continuam sendo executadas plenamente pela Construtura e Incorporadora Metropolitana Ltda, também suspeita de apresentar atestados inócuos. (clique aqui para ver)

A Curiosidade é que esta mesma empresa, Carneiro e Bezerra Transportes, é de Roberto Bezerra e Joel Carneiro. Ambos ligados a Elias Lira, e quem, pasmem, foram os mesmos construtores da praça da Matriz, que, como sabemos foi entregue no prazo, certo? (...)



Nenhum comentário:

Arquivo do blog

Traduzido Por: Template Para Blogspot - Designed By Seo Blogger Templates